sexta-feira, 14 de novembro de 2008

a ela, mais um

Como os sonhos as palavras também fogem de mim, acho que elas não querem mais brincar comigo, estão fartas dessa criatura louca que sempre acaba jogando-as ao léu, como folhas, e dessa vez elas se foram com o vento. Os sonhos também se foram, deles não ouço rumores há tempos e mesmo assim continuo sonhando demais. Demasia, minha vida sempre foi um exagero, em tudo, até em detalhes. Há sempre detalhes demais, não que eu seja apegada a eles, isso nunca, mas eles se apegam a mim e quando vejo estou cara a cara com o exagero novamente. Medo. Eu tenho medo de sobra, e me assusta ter medo de ter medo, me assusta mais do que pensar que nunca vou ter coragem pra te dizer certas coisas necessárias. Necessárias o bastante pra me fazer esconde-las.
Não. Eu não sou louca. É normal (até demais) se apaixonar por uma imagem e ter de ouvir a mesma musica milhares de vezes pra conseguir dormir. É normal ouvir vozes e ver o mesmo rosto em varias pessoas em todas as esquinas, ficar feliz ao ver um sorriso que nem é pra você imaginando o dia que ele será seu é normal. Eu sou normal. Espero que você acredite nisso e não fuja de mim como as palavras, eu simplesmente não suportaria ver o vento te levar antes de mim, te levar de mim. Sonho demais e isso sempre acaba comigo. Não brinco mais com as palavras, mas o destino sacana e irônico dessa vez está brincando de um jeito desleal. Amor platônico não era a melhor pedida pra essa hora, chega a ser maldade da minha mente aprontar isso comigo. Seis letras, uma canção, voz doce e sorriso bonito sempre resultaram num coração partido.
Dessa vez foi o meu.


Só eu sei o quanto precisei de coragem para postar este texto e mais outro que também foi feito para tal pessoa com seis letras no nome *

12 comentários:

May Carvalho ჱܓ disse...

Eu nunca pensei que fosse conseguir chorar lendo um post, talvez tenha sido a música que eu ouvi simutaneamente ao que eu lia agora no seu blog.

O pior que comentar sobre o seu texto é dificil ´pra mim sabe!? Me sinto exposta, com medo de admitir algo pra mim mesma que eu nunca quis...

Beijo, amei aqui ;*

s2 Raah s2 disse...

Concordo com a menina do comentario acima, é muito dificil comentar seu texto, pois, é tão complexo, e tão verdadeiro, que dá medo de dizer algo que não faça sentido.
Enfim, é dificil aceitar a verdade, e aceitar que as vezes sonhos são apenas sonhos.
É dificil, muito dificil imaginar um sorriso, e sorrir imaginando, sabendo que é apenas imaginação.
oO
Que tolice a minha
Muito obrigada mesmo pelo comentario em meu blog.
Corações partidos nos perseguem...

Cami disse...

E quando se percebe que um sonho é a apenas um sonho, o negócio é seguir com o passo leve, a cabeça em standby, porque senão o coração partido vira milhões de pedaços difíceis de juntar.

Vamos no embalo de uma canção amena, até que se esqueça o sonho que foi apenas um sonho.

Muito show teu blog. Adorei!!!

Beijos.

Murillo Leal Humorista disse...

=O

Demaisss!

sensacional!

POxa menina

vc é boa no que faz!

http://murilloleal.blogspot.com/

Jóta disse...

Fica tranquila, tenho plena consciência do seu direito de felicidade =).

Beijo no coração Mi

http://umserassim.blogspot.com

Tatah Marley's Confissões disse...

Concordo com os dois primeiros..
seus textos são muito emocionantes, e por incrivel que pareç, sempre refletem o momento pelo qual eu to passando no dia. \õ/
Essapsoa com seis letras no nome merece e com fé em Deus vai ler algo tão lindo assim!
beijinhos

B. disse...

Porque você faz isso comigo???
Eu tentando esquecer e com seus textos vejo que estou completamente num amor platonico!
"ficar feliz ao ver um sorriso que nem é pra você "

Eu já o tive pra mim e perfi e agora vejo dando pra outra pessoa =/

Eu sempre sonho muito e com minimos detalhes que desejo cada vez mais e eles continuam em minha mente...

Imagino a diculdade de postar este belo texto,pois estou sem palavras partirao que nem a sua,ou estão omitidas,sendo remoidas pelo anseio de esquece-lo!
Então Parabéns pelo post *_*

mateusbonez disse...

Se eu fosse o Ladir ia chamar de Mara, mas como nao sou, chamo de profundo e tocante, ameeiii ;p.

Boa semana e espero sua visita ;D
http://tiomah.blogspot.com/

Jana disse...

Quem sabe essa pessoa com um nome de seis letras leia este texto e este amor deixe de ser platônico, hã?

Ficadica.

Beijoca
:)

Arlequim disse...

Acho que no fundo eu creio nisso, Jana. rs
;*

Cadinho RoCo disse...

Mas no fundo amar assim é bom.
Cadinho RoCo

Marcio Sarge disse...

Como gostaria que seu coração parasse de sangrar.

:)