terça-feira, 26 de maio de 2009

Dulci

Dulci num país de plástico...

Vindo do céu numa bolha voadora,
cheia de astros mirins numa nave espacial.
Dulci recorta um destino pra si,
o superman que procura está no jornal

Se ela quer flores, que cheiro elas têm?
Marsupiais são do bem.
Um outro planeta, dançando uma valsa no ar.

Dulci acha tudo o máximo.
Dulci acha tudo o máximo!

Tente se ver como Don Corleone,
na ressaca moral de um sábado atrás.
Sem proteínas e uns bons hematomas,
nenhum ser humano consegue viver.

Quem paga o táxi é quem manda no show
E o Gondoleiro já vem
Ache um lugar e aproveite o que vai começar.

Dulci voa escada abaixo.
Dulci voa escada abaixo!

Mas ela esconde o seu rosto num vermelho-canalha
E vai de balão para o mar

Dulci num lugar fantástico
Dulci num lugar...
Dulci num país de plástico
A Dulci não está bem, eu acho.

Bidê ou Balde
é tudo o que eu tenho a dizer ;D

7 comentários:

Rhaissa disse...

Dulci esta num mundo falso?
Ando ausente, estou passando por maus bocados, mas logo volto a aparecer mais.
Beijos

Jóta disse...

Que saudade daqui tambééémmmm, como sempre o blog ta showw...

Bju no coração querida.

Thiago Assis disse...

Parece ter sido escrita nas mesmas tecnicas de musica que Chico comporia ^^
Quem sabe até os Beatles também se adequassem a essa poesia
*.*
muito lindo o texto


www.thiagogaru.blogspot.com

Andréia disse...

ja ouvi falar bastante deles mas nunca ouvi nenhuma musica

bsos

KeLLy ViAnA disse...

MARA,
dulci vive num mundo falso?

muito legal..bjO!

Eduardo Martins disse...

Dulci pode cair que não vai se machucar
Dulci é de plástico
É de encher e é amável
Dulci é uma boneca inflável...
bjo

Ricardo Esteves disse...

uashiauhsuia
so mesmo vindo delonge
para ver as coisas em outra ótica x)