quinta-feira, 9 de abril de 2009

O mal de Maria

Acordou e não viu ninguém ao lado.
Levantou e não se encontrou no espelho.
Prendeu os cabelos e saiu sem olhar para trás.
Deu mil voltas maltratando o asfalto.
Pensou e repensou aquele velho plano.

Sentou.

Viu crianças brincando no parque; sorriu.
Sentiu a brisa tocar o rosto; agradeceu.
As gotas de chuva tocaram sua pele; chorou.
Olhou para o céu e fez promessa; não seria mais a mesma.
Gargalhou ao pensar num futuro, ao sentir vontade e ao ver a mudança brotando dentro dela.

Cansou.

Voltou para a casa chutando o asfalto; perdeu pedaços de vontade pelo caminho.
Pulou o portão e pegou as chaves debaixo do tapete.

Entrou.

Tomou um copo d’água, pegou o livro que contava, sem saber, a sua história e se deitou no sofá; dormiu.
Acordou com as lambidas da pequena Zelda.

Sorriu.
(havia pesar naqueles lábios)

Tomou um banho.
Assistiu TV e foi se deitar pensando no romance da novela das oito.

Sonhou.

Um velho amor voltaria e eles seriam felizes como deveriam ser.

Acordou.

Acordou e não viu ninguém ao lado.
Sonhou – mais uma vez – de olhos abertos, com tudo aquilo que queria ser e não foi.
Levantou e não se encontrou no espelho.

Não saiu.

Não fez nada o dia todo – ou a vida inteira.
— Acho que a mudança vai ficar pra outra hora – diz, fitando o teto, como se Deus estivesse lá em cima se preparando para descer.

...

Enquanto isso, num lugar longe para poder chegar e infinito demais para entender, Deus ri.
— Eu sabia.
Joga a moeda pro alto e decide a sorte do próximo participante desse grande reality show.

Cara ou coroa?

14 comentários:

Roberta Albano disse...

um dos melhores que você já escreveu, se não o melhor!
Agora eu nao lembro muito bem dos outros q gostei, mas achei esse brilhante!
me atingiu mesmo sem eu me identificar. Se representou na minha cabeça e eu senti a história

muito bom!

Rhaissa disse...

Faço minhas as palavras da Roberta Albano.
"Me atingiu mesmo sem eu me identificar"
Afinal Maria seria só mais uma pra Deus assistir, sem ajudar. Mais uma a desistir.

Beijos, de uma fã de seus textos.
Rhaissa

blogs:
antigo "não sou emo".
atuais:
caspide.blogspot.com
abelhacolorida.blogspot.com

Beijos

Ricardo Esteves disse...

Se eu fosse Deus talvez eu dissesse a ela que lesse On the road do Jack Kerouac, ia sair e mudar a vida x)
Gosteii, impressionar com grandes acontecimentos é fácil, mas só comn sentimentos e mais difícil
o/

Maíra disse...

Se eu fosse Deus, eu diria: Vá, agora é a hora! ;D

Beijocas, bom feriado!

Erica Maria disse...

Nossa, que lindo!

Bjos no coração!

Feliz páscoa!

Ana Paula disse...

Não sente no sofá edeize a vida passar .
Adoro seus textos ,


Feliz Pascoa Com seu verdadeiro significado
Bjos ,

Lela disse...

coisa linda!

um beijo.

Amanda disse...

Eu simplismente ADOREI esse texto *-*

Ps: eu escolho 'cara' xD

Edu disse...

O modo como você alternou as situações, usando apenas uma palavra, é fantástico. É só disso que o leitor precisa para se orientar; a força dessas palavras que interrompem a narrativa é capaz de nos jogar de um lado para o outro conforme os acontecimentos são delineados no texto. É como se houvesse uma nova introdução no meio da história, que a fragmentasse ao mesmo tempo que a unisse, porque, se dividirmos esse seu pequeno conto e diversos pedaços, mesmo assim eles permaneceriam unidos graças ao modo magistral como você o escreveu.

Foi bom poder ler isso =)

Maíra disse...

Moça, tem um meme pra você lá no blog!

B. disse...

Prefiro Coroa.

Muitas de nossas vontades são esquecidas e mortas por nós mesmo os ideologistas delas!
Pode mudar amanhã,mas teá certeza que mudou ?

André disse...

Mudou.

as coisas sempre mudam.

Luiz Calcagno disse...

Talvez precisemos de armas. Pode ser isso. Mudar é mesmo difícil. Bela história veloz.

Rhaissa disse...

Cade você menina? D:
estou entrando em desespero.
AOHIIOSHIOAHIOSHOIAIHOS

todos os dias vou no topo de minha janela do firefox.Na barra de favoritos, entro aqui, e nada.
:s
HAHUSHIOAIOSIOHOHIAS
(todos os dias, ou toda o tempo que fico online.Não sei diferenciar já que pra mim parecem séculos que você não posta)

Eu ja disse que sou viciada em seus textos, e parece que o tempo que eu dei não funcionou ¬¬
enfim... beijos, e por favor, poste *-*
espero anciosa.