quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Lunática

Cansei! Simples assim.
Às vezes a gente cansa e cansa de uma forma que parece eterna. Minha canseira parece eterna e estou começando a achar que nasci cansada. E não estou dizendo isso para usar como desculpa pra desistir de alguma coisa, não. Não mesmo. Desistir nunca, jamais! Mas cansada eu estou e, isso eu não posso negar. Quer saber, o que me cansa, mesmo, são as pessoas; não gosto de muitas pessoas, não gosto e não faço questão. Pessoas falam demais, brigam demais, gritam demais, vivem e morrem demais; esse vai e vem todo acaba comigo, me deixa tonta, me deixa cansada, tão cansada que às vezes eu pareço
uma chata reclamona que só faz reclamar de pessoas pra pessoas. Não odeio ninguém, não, só não gosto; e nem são todos, gosto dos que eu gosto, poucos, e só. Mas não odeio e nem quero matar um batalhão de gente, acho que se as pessoas não se matassem tanto eu até me simpatizaria mais com elas. É esse auê todo que me deixa confusa e confusão me deixa cansada e eu acabo falando demais e cansando todo mundo também. Pô, não pensem mal de mim, pessoas, e nem me odeiem achando que assim corresponderão meu sentimento; não é assim, não sempre. Às vezes eu gosto de pessoas, mas hoje eu estou cansada demais. Amanhã eu posso amar todo mundo e, juro, não me importo quando um amorzinho nasce aqui dentro; eu o cultivo e rego até, mas ele morre antes de florescer, sempre. Acho que estou cansada de não dar frutos, cansada de ser oca, cansada de mim. As pessoas me cansam e não posso evitar de ser pessoa também. Preciso pensar um pouco sobre isso, ou não; talvez amanhã, hoje eu só preciso fugir. Fugir dos meus pensamentos e tirar férias de mim com urgência, preciso agora, antes que o sentido de tudo se perca de vez.


"Não dê bola se eu te trancar num quarto uma semana"

20 comentários:

Roberta Albano disse...

Estou com medo de comentar...
se não quiser o comentário é só ignorar
mas vou deixar aqui pra um futuro dia de paz

todo mundo cansa uma hora
de qualquer coisa
cuide de você
faça terapias de relaxamento
eu gosto de comer brigadeiro e ver TV
ou então tomar um longo banho e ficar fazendo coisa de garota (creminhos, maquiagem... até ficar incrivelmente bonita ^^)
São duas coisas que me fazem relaxar
eu não sei qual é a sua, mas faça alguma coisa
nem que seja alugar 5 filmes e ficar o dia inteiro vendo
Boa sorte ^^

Jana disse...

Sei como é.
Também acho a humanidade bacana, mas na maioria das vezes não suporto as pessoas.

Beijoca cherry!
;)

Luana Ferraz disse...

Ah essa fadiga presunçosa que nos dá uma vontade de não sei o quer, de querer o novo, de mudar a rotina, de por novas cores e contornar o cinza com um amarelo mel, doce, bem doce...
Um beijo

Jóta disse...

E NO FINAL O MALUCO SOMOS NÓS...

BJU NO CORAÇÃO MOÇA

Luiz Gonzaga B. Jr. disse...

Oi, moça.
Descanse. Não tenha medo de descansar.
Tchau, moça.

Srta Diazepan disse...

constantemente me sinto assim... as pessoas me cansam...

Danielle Cristina disse...

ahh quem não tem esses surtos?? as pessoas cansam sim, e nós principalmente nos cansamos de nós mesmos! faz parte, mas pessoas a gente não vive sem elas, nem que sejam poucas delas, elas fazem falta ! (:

Maíra disse...

Pessoas também me cansam e, assim como você, gosto de poucas, mas gosto dessas poucas com muita intensidade! E não tire férias de você, tire férias das pessoas! Estou pensando em cuidar mais de mim e deixar de lado as pessoas.

Boa tarde! Beijos! ;*

Malu Paixão disse...

caramba.. eu vim aqui comentar q somos bem parecidas pelo q vc disse lá em minha postagem, e pelo jeito... somos mais que isso!
seu texto diz tudo. Eu pensei q eu fosse a única criatura dessa mundo q se cansasse de coisas absurdas (convenhamos) como estas! Eu tenho preguiiça das pessoas.. arghh
ah, vou tentar aproveitar bem o último ano!
rsrss
bjoss

jessicadeverdade disse...

Se vc conseguir tirar férias de vc me avisa, me ensina como é que se faz...preciso muito também

bp studio disse...

Ei, moça!
Obrigado, viu? Você é uma amor..
Espero que você participe..
Beijos..

Maldito disse...

Alem de compartilhar da mesma opnião,...eu tenho pensado muito nisso nos ultimos dias,...
Parabens pelo blog!
Inté!

Wagner Kaiowas disse...

Abra mão do que não vem a somar na sua vida. Então é só seguir sua vida.
Certa vez, escrevi um texto chamado "Um violino, um abismo", ele tem um pouco disso que vc escreve sobre as pessoas.
Beijão, tenha um ótimo final de semana.

Anônimo disse...

Tirar férias de si mesmo é bobeira, é bobagem.
precisamos mesmo é nos encontrarmos conosco.


Colombina*

Gaby. disse...

Primeiro fiquei encantada quando começo a ler o texto e Elephant Gun começa a tocar,adoro essa música e toca meu coração.

Quanto ao post digo idem,ultimamente estou cheia até o gargalo de certas situações e da maioria das pessoas.

Grande beijo.

NiNah disse...

Cara, descansa.
Também não gosto muito das pessoas quanto mais eu conheço me dá nojo e prefiro meu cachorro. Certeza!
Agora acho que não te conheço não. rss
Meu nome não é Natália. Só foi uma estória. rss
Bjo

Malu Paixão disse...

camila.. venho sempre ao seu blog para ver se tem novidades e, confesso que, mesmo ja tendo comentado na ultima postagem, as vezes não consigo sair por causa da música! rsrs
bjosss

Nataliinha disse...

Concordo ctg.
Chega uma hora que vc se cansa de tudo !!

Beijoos =)

Desarranjo Sintético disse...

Interessante como a Internet e os blogues podem nos aproximar de pensamentos tão parecidos com os nossos. É mutio bom saber disso, acho que somos melhores quando temso iguais por perto! Eu também sou bem anti-social, tenho poucos amigos e eles me bastam, acho um máximo quando acho uma pessoa que pensse como eu, que role um bom papo, mas isso é extremametne difícil. A maioria das vezes penso: o que es estou fazendo nesse lugar com essas pessoas, porque vim a essa festa...por isso evito lugares que sei que apesar de ter pessoas conhecidas me sentirei assim! Não é uma sensação nada boa!

Bjoks.
Fábio.

André disse...

Por Favor,

Não me tranca em um quarto!

beijos