domingo, 8 de março de 2009

Aleatório

Talvez eu ainda seja a mesma em outros olhos, outras mãos. Talvez as coisas tenham mudado por aqui. É; as coisas mudaram por aqui!
E por mais que haja resquício do que fora ontem, eu tento seguir inócua me esquivando de todos esses olhares estrábicos.
A complacência, de uns e outros, me agride e eu começo a repudiar o que outrora foi minha única razão pra qualquer coisa ou pra nada. Talvez eu realmente tenha mudado demais, talvez eu nem more mais em mim.
Dei-me doces deletérios achando que seria capaz de guiá-los por um curto tempo; não fui. Tudo tem se tornado íngreme que penso por vezes ser a culpada de minha própria morte. A grande incisão em minha alma sangra todas as noites e não há curativo que faça estancar esse liquido vermelho.
Talvez eu vá sangrar pra sempre.
Talvez o pra sempre exista nessas horas.




Incógnita
[...]não quero mais a 'minha' insensatez[...]

11 comentários:

Marcos Satoru Kawanami disse...

Vc está usando palavras de significado forte para realçar as frases, essas palavras estão sendo usadas fora do seu contexto vulgar, o que lhes dá valor literário.

Mas acho que falta vc transgredir a gramática, como nesta frase de João Guimarães Rosa: "Eu nunca tinha sido procurado em hora tão matutina."

Crie expressões compreencíveis dentro do idioma, mas inovadoras, teste as possibilidades combinatórias do léxico, force a barra da sintaxe dentro do racionalmente inteligível, isto é necessário: ser compreendida.

Livia Queiroz disse...

Yessss, Viva as Mudanças.
Mudança de hábitos, de pensamentos, viva a vida nova.
O pra sempre existe em toda a situação isso só depende do q fazemos c ele.

Adoreeeeeei

Escreves divinamente, continue continue...

Ah, aproveitando a oportunidade pra agradecer seu comentario lá no blog e te convidar pra ler o Clube da Luluzinha, um Blog q tenho em parceria c a Lorena Silva.

http://liu-loren008.blogspot.com/

Confira!
Bjaum

Wagner Kaiowas disse...

Eita, eita, eita... Às vezes, acho que te entendo. Outras vezes, acho que não te entendo. Às vezes, fico confuso. Então, vejo que não entendo nem a mim mesmo.
Eita, eita, eita... Agora fiquei confuso :O
Tenha uma ótima semana.
Beijão, fica bem...

Jóta disse...

Escrevi sobre mudança no calabouço minha linda... Contraditórios não, metamórficos.

Bju no coração querida...

Marcio Sarge disse...

Crescer é um tanto dolorido, não moça?
Que bom que em seu processo vc exercita seu talento.

Beijos

**Daya** disse...

Crescer e mudar as vezes pode parecer mais estranho do que imaginamos,já me senti assim muitas vezes,de me sentir outra pessoa em outro corpo,as mudanças geralmente geram um certo desconforto e até uma certa estanheza de inicio pois somos acomodados com o mesmo,e quando algo parece fugir um pouco daquela linha que seguiamos e estávamos acostumados a seguir isso acaba chocando um pouco mesmo e nos deixar meio confusos.

Té mais...

Daya

Malu Paixão disse...

Camilaaa, estava com saudadess já... tanto de vc quanto do seu blog.
seus textos me fazem falta. (ótimo esse último, por sinal)
adoro textos que sejam agressivos tratando de sentimentos que, fisicamente (para ficar bem claro!) não nos machucam! suas palavras parecem abrir aos poucos um horizonte para essa sua mente confusa que tanto fascina rss
sempre que puder estarei por aqui,o seu blog eu faço questão de visitar sempre! o problema é que minha internet está com problemas... semana passada mesmo ela só pegou um dia! fiquei a semana inteira sem visitar os blogs, mesmo pq eu não tive tempo de ir em lan house ou mandar arrumar! hauahaua
bom... estarei sempre por aqui!
bjãooo.. tenha uma maravilhosa semana!

Anônimo disse...

esquece o pra sempre, menina.
esquece.

colombina*

Cami disse...

O curativo desse sangramento pode ser apenas um dia atrás do outro para colocar as coisas no seu lugar.

Bjão!

NiNah disse...

Eu sei que sangra, mas vamos levando.
Tem que tocar a vida.
Bjos

mateusbonez disse...

Engraçado, vs fala coisaas q eu não consigo expressar, e elas são sobre mim. Acho q por isso eu sempre volto aqui HAHA.

Te espero, beeeeijão
http://tiomah.blogspot.com/