quinta-feira, 15 de outubro de 2009

04:23:51

Um copo de água. Uma garrafa. Um litro. Dois. Três. Até sair o gosto da boca. Até eu engolir esse gosto que ta parado, travado, na minha garganta. Espero que ele suma antes que eu morra afogada dentro de mim.
No inicio eu gostava, gostava pra caramba para ser sincera, mas isso só no começo, entende? O começo é sempre bom. É como comer chocolate meio amargo. Você morde o primeiro pedaço, gosta, morde novamente e de novo e mais uma vez; continua comendo até acabar com tudo. Satisfeita, fica com aquele gostinho na boca. E então, dentro de instantes, o gosto começa a se modificar e você percebe que daquele chocolate meio amargo, agora, só existe o amargo; o amor é igual.
Depois você se encontra tomando água e ouvindo Ne Me Quitte Pas sem parar. E dai que você não entende porra nenhuma?
A melodia é tão triste.
Você continua ouvindo e ouvindo e ouvindo.
Até que alguém, cansado, pergunta: por que ouve tanto essa musica?
Silencio.
Você não sabe responder.
Eu não sei; parei para pensar e só descobri que eu faço centenas de milhares de coisas que eu nem imagino o porquê.
Talvez porque seja triste como a melodia de Ne Me Quitte Pas ou porque seja meio amargo como o chocolate.
Como saber?
Um copo de água. Três garrafas. Cinco litros.
Ne Me Quitte Pas
Ne Me Quitte Pas
Ne Me Quitte Pas

Aderindo à moda: http://twitter.com/mamila_caria

"E nem me importa que mil raios partam
Qualquer sentido vago de razão
Eu ando tão down"
Cazuza

9 comentários:

Ahh...Line. disse...

esse som só é tragável com uma tristeza um tanto etílica.

mille. disse...

o trecho da musica, cazuza , muitoo bom :D
comops empre seu texto fantastico.
O melhor é aproveitar quando o gostinho ainda está doce na boca.

ps:. te seguir no twitter :D

Scheila disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kyanne disse...

me lembra presença de anita...
medinho :S
Gostei do texto mesmo ^^

Amanda disse...

-às vezes a água não tira o gosto amargo, ela não tem gosto, não vai adiantar.
pra tirar um gosto da boca, é necessário colocar outro gosto nela, é como quando você tira o sabor do doce com o do salgado ou vice-e-versa.
talvez seja hora de colocar outro sabor na boca, quem sabe assim o amargo vai embora...-

Eduardo Martins disse...

Beba esse Byronismo e urine vida...

Rhaissa disse...

No final tudo que a gente quer é esquecer, esquecer o gosto, esquecer o motivo. HAHA
Tudo é sempre bom no começo, mas nada é pra sempre.

Adorei o teexto, mesmo!
Beeijos s2

Amanda disse...

te indiquei pra um selo no meu blog. avisando~~ xDDD

B. disse...

Boa comparação,pensando desse lado fácil o amor e o chocolate meio amargo tem muitas semelhanças!

Agua nosso purificador,que nem sempre age assim!
As melodias acabam me trazendo lembraças,mais não quero abandonar e não paro de escutar.