terça-feira, 22 de junho de 2010

"Não quero você mais na minha casa
Corpo e rosto em pedra
Sei o que me fere em você
Eu não quero nada
Com seu riso indecente
Já conheço o seu tempero
Seu segredo e seu suor
Mas não consigo perder mais tempo
Você tem que ir embora
Já começa a amanhecer
Parece outro dia negro"

6 comentários:

Vampira Dea disse...

Parece que gosta de quem deixa o seu dia negro... Se ele clarear feche as janelas.
Arlequim: Adoro rssrs

Amanda disse...

Sinceramente? Hoje sei que meu dia vai ser negro...

EmileJ disse...

Calma branquinha, o dia vai clarear. QUem sabe vc volta atras em?

beijoooooo:*

Anônimo disse...

"Não me deixe aqui
Fora de mim
Você não sabe como
Eu odeio ficar sozinho
Apenas quero estar
Ao lado de sua casa
Não me deixe aqui fora
No frio
Você não sabe
Que é a sua mão
Que eu quero segurar
Enquanto esses dias voam
Abertos e rápidos..."

Você sabe que é verdade

Luiz Calcagno disse...

Já leu Cem Anos de Solidão?

Rhaissa disse...

Nooooooossa, depois dessa super declaração aqui do Anônimo, nem falarei nada que preste no comentário *saindo discretamente* HUAUHAUHAAUH
Adorei!